por Wilian Delatorre

Wilian Delatorre > Agência de Turismo
Passagens Aéreas > Passagens Aéreas com Milhas>
Hotéis > Seguros > Locação de carro

terça-feira, 15 de maio de 2018

Personalize sua viagem com a Delatorre Agência de Turismo

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Como emitir Seguro Viagem no Portal VISA

Olá pessoal !

Para a emissão do seguro viagem pago na íntegra com os cartões bandeira VISA é preciso acessar o Portal Visa Benefits.
Já adianto que o site é sofrível e alvo de muitas reclamações.

Portal VISA AXA

A cia. seguradora parceira no caso é a AXA.

É preciso fazer um cadastro no site e criar um login. Só após isso é possível emitir o certificado.


Preencha os dados , anote em um papel as 03 perguntas secretas e faça o login.
Depois vá até o Portal e escolha o tipo de cobertura que você precisa.


Preencha novamente vossos dados e dos familiares dependentes.

Eles enviam as apólices de seguro para o e-mail do titular.
Em relação ao Espaço Schengen ainda não encontrei nenhuma informação oficial se a VISA em parceia com a AIG emite o certificado.

Se eu descobrir, eu retorno e edito esse post.

É isso. Grande abraço a todos !

Como emitir Certificado Mastercad: Seguro Viagem e Espaço Schengen

Olá pessoal !

Hoje vou ensinar para vocês como clientes Mastercard Platinum ou Black podem emitir os certificados de Seguro Viagem e Carta Espaço Schengen para adentrar em territórios na Europa. (obrigatório). Acordo Schengen

Lembrando que apenas tem direito ao benefício clientes que PAGARAM na ÍNTEGRA os bilhetes aéreos com o respectivo cartão.
Para quem emitiu com milhas e deseja entrar na Europa é possível emitir a Carta Schengen mas para os EUA ou América Latina é recomendado emitir um seguro viagem com outra seguradora e viajar tranquilo.

Primeiro passo: Tenha em mãos seu cartão Mastercard Platinum ou Black.

Acesse o site : MASTERCARD AIG


Preencha os campos.
Primeira informação solicitada é a sequência numérica do cartão de crédito. Nesse momento eles irão informar se o cartão é elegível para o benefício.

Após o reconhecimento do cartão é hora de preencher os dados pessoais: Nome Completo, Endereço, CPF, e-mail, etc.


Quase no final dessa tela existe a possibilidade de agregar as informações do cônjuge e ou filhos. Segundo as regras filhos dependentes até 21 anos




Na próxima tela o sistema irá oferecer opções para impressão ou envio por e-mail. Escolha. Se for para impressão uma pasta ZIP será gerada e os certificados gerados em PDF. Tanto a apólice do Seguro Viagem como o Certificado de Espaço Schengen para adentrar aos países europeus signatários.


Modelo do Certificado do Seguro Viagem


Modelo do Certificado Espaço Schengen


Pronto. Já podes viajar tranquilo.
Em breve ensinarei o passo a passo com cartões da Bandeira Visa.

Até.



sexta-feira, 13 de abril de 2018

quarta-feira, 24 de maio de 2017

terça-feira, 21 de março de 2017

Voltando ao Brasil



Antes de partir de Los Angeles, um destino espetacular, onde já estivemos em 3 ocasiões, vamos ouvir este cantor de vocais de grandes astros americanos que levantou o público com sua interpretação.
Los Angeles, Londres, Sydney, Paris, NYC, etc são destinos para muitas viagens e sempre com novas e maravilhosas atrações. Os inconvenientes de Beverly Hills seriam o valor das diárias da rede hoteleira acima da média mundial, mas comparável com NYC, Paris, Londres, etc. e o transito que requer planejamento onde você tem nítido benefício trafegando no contra fluxo. Excluído estes fatos o destino encanta.
Era hora de iniciarmos os preparativos para a partida. Fizemos as malas, checamos o tempo de transfer até LAX pela manhã que seria de 40min. Há anos o aeroporto internacional está em obras no seu entorno. Os terminais vão do 1 ao 7. A entrada única pelo terminal 1 e assim sucessivamente. Acrescente, em média 10 min. no tempo de acessar a posição de check in para cada aumento no número do seu terminal! Isto implica em grande variação no tempo para iniciar sua ida rumo a LAX.
Pegamos a BMW X5 e fomos até a Sixt no aeroporto. Era madrugada e na devolução você deixa a chave no para-brisa do carro e bye, bye.... Ninguém está lá para lhe dar um recibo da entrega, etc. Imaginem se não tivesse exigido que constasse no contrato os danos ao veículo? Ficaria totalmente a mercê do desejo do funcionário da Sixt. Chovia pouco nesse momento e fomos com as malas ao Shuttle da Sixt que nos levaria ao terminal. O motorista, um mexicano, colocou um enorme cartaz em inglês> gorjetas são muito bem-vindas! Confesso que achei constrangedor, mas mesmo assim o remunerei.
Chegamos ao terminal 2 onde partiríamos com um 787-8 da Avianca até Bogotá, em classe executiva, e de lá rumo a São Paulo.
O terminal 2 as 6 am. têm grande movimento. O público do voo chama atenção pela pobreza se comparados a outros voos que fizemos. Como nos latinos somos pobres frente a outros povos!



A saudade começava a bater. Era hora de voltarmos. Fomos ao check in da Avianca. Nesse terminal a Avianca utiliza o Maple Leaf Lounge da Air Canada. Foi com certeza o pior longe que conheci da Air Canada. Mobiliário velho, catering modesto para o nível da Air Canada (sempre muito bom). Fomos ao portão de embarque, num canto bem acanhado onde todos se amontoavam.


Feito o embarque fomos a nossa poltrona. Flat bed! HORROROSA, ridícula. Parece que o 787 não tem minha aprovação em poltronas. O 789 da LATAM e HORROROSO e o da Avianca também. O visual da cabine da executiva está muito modesto, antigo em alguns aspectos.


Mas o pior estava por vir. Veja o foot rest como está apertado! Você não consegue dormir pois seus pês mal cabem no local. Não adianta ser flat bed e o foot rest tão exíguo que seu pé não cabe! Esse mesmo maldito assento eu encontrei no A 340-600 num voo da Iberia. Total engodo! Nada de executiva.
A nécessaire fornecida bem básica, com design da Tumi. Espumante somente após usar pasta dentifrícia no toilete. Nada. O catering do voo foi seguramente dos piores que já tive, comparável aos medíocres da United, American,.....
Conseguiram nos servir de sobremesa um Pudim que tinha gosto de ervilha, ou seja, gosto de nada!
Se você tem expectativas com o 787 da Avianca, esqueça!
Chegamos ao aeroporto Eldorado de Bogotá no início da noite.


Esta foto mostra e precariedade do lounge MUNDIAL da Avianca em Bogotá. Sinceramente, ele disputa com os da United, Gol, .... entre os piores do mundo.
AVIANCA, total decepção!



Saímos do lounge e fomos ao gate para pegar o último voo num A330-200 da Avianca rumo a GRU. Diante mão já sabia que o assento seria o antigo recliner, com aeronave necessitando de retrofit. Em termos de cabine a Avianca está ultrapassada e mesmo os 767 da AIR CANADA retrofitados há 10 anos são muito superiores a todas as cabines de todos os aviões da AVIANCA.
O serviço da Avianca na classe executiva desse voo foi a tão medíocre como no voo anterior. Se aprecia qualidade Avianca está descartada em tudo.
Chegamos a Guarulhos no terminal 2. No início da manhã o terminal estava tranquilo e junto chegou um voo da Delta onde os passageiros foram em massa desviados para uma fiscalização mais detalhada.
No nosso caro duty free comprei somente bebida e fomos ao estacionamento. Parecia que terminava aqui nossa viagem. Ledo engano!
Estava no Brasil já há uns 10 dias quando a Europcar debitou no meu cartão sem minha autorização o equivalente a 80 USD. O debito foi lançado sem uso de senha pessoal! Estornei o valor, mas para isso tive que cancelar o cartão. Isso causou-me inúmeros transtornos, pois fiquei 10 dias uteis sem cartão, até a chegada do novo.
Passaram mais um 15 dias e recebo da Europcar uma correspondência onde informam que uma pistola de laser na ilha norte acusou excesso de velocidade em 5 km/h acima do limite e por isso fui brindado com mais, mais uma multa! e com taxa para o pagamento dessa multa o que totalizava o valor acima.
Fiquei na dúvida se ainda tomaria mais alguma multa na vida! Foram tantas! Eu não acreditava que isso aconteceu! Enfim, vivendo e aprendendo!

Agora, novamente no cotidiano vamos ver para onde iremos, mas Nova Zelândia não entrara nos planos facilmente. Etihad me aguarde!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Los Angeles - Parte II



Na região do lago de Toluca, próximo dos Estúdios da Universal na Califórnia reside a família Edgar. Esse clássico de Caroline King vai sendo monumentalmente interpretado enquanto vamos continuando o relato.
Dos vários estúdios cinematográficos com tour na Califórnia o da Universal e o da Warner merecem destaque. Na Universal Steven Spielberg, um judeu inicialmente discriminado até pela Academia, tem tratamento como se Deus fosse pela sua genialidade, obra e por que não dizer riqueza que gerou para a Universal. Na Warner Clint Eastwood tem o mesmo tratamento e com seus 86 anos ainda trabalha diariamente nos estúdios tendo inclusive seu escritório lá.

Sofitel Beverlly Hills

Amanhecemos o dia em nossa Suíte, upgrade cortesia pelo cartão Accor. O hotel continua sendo muito bom, entretanto o breakfast que era esplendoroso quando aqui estivemos há 4 anos, agora e somente na média para o padrão do hotel.

Universal - Los Angeles

Começamos o dia indo aos Estúdios da Universal, passeio que ocupa todo o seu dia e continua com agradável complemento noturno no City Walk. Compramos tickets que tem data especifica e fizemos tour em Espanhol cujo horário é informado no site somente com 20 dias de antecipação. Os estúdios localizam-se em Universal City e bem ao lado vimos um belo hotel Hilton. O passeio imperdível chama-se Studio Tour-45min, pegar trem no Upper Lot com passeio pelos cenários e sets. Guia explica os cenários. Ao chegar pegue os folhetos de horários do parque e o mapa das atrações. Ha varies brinquedos muito interessantes e que mudam de tempos em tempos. Ir a City Walk onde estão os bares e restaurantes do lado de fora dos estúdios e ficam até altas horas. Não perca ir aos estúdios da Universal por nada.



O passeio nos estúdios tem estrutura adequada para receber o visitante inclusive alimentando-o. Como os ingressos são controlados não há riscos de superlotação insuportável. Chama atenção a higiene impecável dos banheiros que são visitados por milhares de turistas. Fomos ao hotel exaustos neste dia.


No último dia do ano agendei algo mais light e fomos ao La Brea Tar Pits and Museum e perdemos tempo, inclusive assistindo o sem graça Titan of de Ice Age 3D.
Quando percebemos que o museu não valia a pena nos dirigimos ao lado ao LACMA-o super museu de arte do condado de Los Angeles com atrações de classe mundial com seus muitos Rodins conforme a foto. Para este museu 4 horas foi pouco. De lá fomos fazer um lanche na Bakery Joan on Third, uma padaria, rostisserie, take away ou no local, DIVINA, aberta das 8-8pm, 8350 W 3rd St. Fomos ao hotel para a ceia.


Iniciamos o ano indo ao Griffith Observatory, onde foram gravadas várias cenas do filme LA LA LAND. Compramos Tickets para o Planetarium e assistimos dois filmes 3D MARAVILHOSOS Water is life e Centered in the universe. Começamos o ano bem! TODA viagem a Los Angeles tem parada obrigatória no Farmes Market, onde você degusta de deliciosas cervejas artesanais a crustáceos deliciosos ou a donuts imperdíveis. Atração obrigatória.


Agora refeitos da festança fomos aos estúdios da Warner Bros, que fica em Burbank, perto inclusive da Universal.
Compramos Spanish ticket Tour cujo guia era uma atração a parte e o tour foi bom porem inferior ao da Universal.


A tarde fomos ao Grammy Museum. Visitamos sua sede com as curiosidades lembrando que o premio e entregue no estádio Staples, ali perto.


Enquanto ouvimos esta performance de Brian Crum, um Californiano de San Diego, ovacionado pelo brilhantismo vamos continuar o relato.

Paul Getty foi um magnata do petróleo que deixou verdadeira fortuna para o povo do mundo desfrutar. Ir ao Getty Center e com o trenzinho subir a montanha para conhecer o museu e passeio para um dia interior pela sua imensidão.


Um acervo imenso comparável a imensos museus como das dimensões do Louvre. Tem obras para todos os gostos, de todas as épocas, de escultura a telas, tudo que imaginar. Trata-se de atração imperdível. O dia já anoitecia quando fomos ao, ao, ao shopping The Grove para variar e onde pegamos um happy hour novamente no Farmes Market que fica ao lado.


As opções culinárias no Farmes Market´s são muito fartas e em vários dias você não consegue esgotar tudo. Além do Shopping The Grove também está do lado desse mercado uma loja semelhante a Tok Stok brasileira, melhor até que a IKEA americana, com tudo que você puder imaginar de utilidades para casa com design espetacular. Chegamos cansados ao hotel.


Amanheceu o dia que seria longo e iriamos conhecer o Walt Disney Concert Hall uma maravilha arquitetônica cuja visitação [e free. Não tão deslumbrante internamente como o Sydney Opera House, mas externamente o projeto arquitetônico de Frank Gehry impressiona.


Iniciamos a tarde visitando o California Science Center cuja entrada free teve comprado com antecedência tickets para assistir dois filmes espetaculares Beatiful Planet 3D e Secret Ocean 3D sendo este último o mais bonito filme 3D que assistimos na vida. Entre filmes acertamos o horário e visitamos a Endevour que fica exposta num pavilhão. No final do passeio comecei a ficar doente e não conseguimos ir a Bottega Louie Restaurant conforme estava previsto.

No próximo post voltando ao Brasil.