por Wilian Delatorre

Wilian Delatorre Personal Travel,
o seu agente pessoal de passagens com milhas e roteiros.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Ultimos preparativos



Sempre é tempo de planejar, planejar e planejar para sua viagem ser algo melhor.
GPS- Obviamente que seu mapa do GPS deve estar atualizado. Algumas situações talvez não lhe sejam familiares e imensos transtornos podem lhe causar.
Antes da viagem, coloque nos favoritos do seu GPS todos os endereços que irá visitar. Isto é importante por vários motivos, a-) seu GPS pode não identificar o endereço, necessitando neste caso de pesquisa do endereço completo, b-) o endereço que você imagina não é o real, por exemplo: aeroportos - o de São Paulo GRU, fica em Guarulhos.... c-) o endereço que pretende visitar está fora da área de abrangência do seu mapa, d-) o endereço que pretende visitar está na área de abrangência do seu mapa, mas não é mapeado, e-) obtenha o endereço COMPLETO do local antes de inseri-lo no GPS, f-) seu GPS identifica mais de um endereço com os mesmos dados o que lhe acarretará maior pesquisa, g-) o endereço como lhe é fornecido não permite inseri-lo no GPS, necessitando contatar o local para obter informação mais precisa.
Se for a locais onde o horário é fundamental para acessar o desejado (como um voo) leve um mapa impresso no Google Maps em caso de falha no satélite do GPS ou mesmo do GPS.
Tomando esses cuidados você poderá poupar muito tempo na sua viagem.
Seu GPS grava no mecanismo interno os últimos dados do satélite da posição em que você estava. Caso mude de localização ou troque de mapas como no meu caso por estar hora na Oceania hora na América do Norte nessa viagem especificamente, o GPS demora até obter o sinal do satélite do local que você está. Essa demora pode ser de vários minutos. Para evitar sair da locadora sem o sinal do satélite no GPS, no momento que o comandante inicia os procedimentos para o pouso, ao redor de 40 minutos antes do horário previsto para tocar o solo, já ligo o GPS (que é um aparelho unicamente RECEPTOR de sinal, não interferindo na aero navegabilidade do avião) e com isso ao instalá-lo no para-brisa do veículo o mesmo já está com o sinal necessário. Ocasionalmente você teria que ressetar o GPS.

Cambio e moedas:

Caso vá a qualquer lugar do mundo e não saiba que moeda levar vá com dólar norte-americano e sua chance de errar é mínima.
Obviamente na zona do Euro leve Euros.
Além disso, em grandes centros mundiais a libra esterlina é normalmente aceita.
Caso opte por levar qualquer outra moeda suas chances de ter problemas na moeda ou cambio muito desfavorável aumentam muito.
Pesquise na internet sob moedas falsas no seu destino, nesse caso, cambio em bancos é obrigatório para evitar inclusive ser preso por passar notas falsas.
Tenha conhecimento prévio dos valores do cambio e evite de todas as formas cambio com taxa muito, muito vantajosa! Isso não existe.
Se possível leve algumas notas de pequeno valor e com esses trocados será possível dar gorjeta no aeroporto, no hotel, para inserir numa máquina no aeroporto para tomar algo.....
Em muitos países as notas de 100 e 50 USD tem cotação melhor que as demais para cambio.
As notas de 500 € tem pouca aceitação.
Normalmente, nos aeroportos e no seu hotel as taxas de câmbio são desvantajosas.
Como levar moeda: Se está disposto a arcar com 6,38% de IOF e seu cartão tem aceitação no destino opte por isto. Caso não aceite este spread leve o valor em espécie, arriscando o risco de perder a moeda ou até ser roubado. Eu particularmente, levo em espécie todo o valor que pretendo gastar e só uso o cartão para eventuais extras. Divido o porte do valor em 2 bolsos no meu corpo e no da mulher, com isso acredito minimizo o risco. Só levo notas de 100 USD.
Procure informar-se das moedas no destino, pois em muitos casos levar um porta moedas vai lhe ajudar muito.

LAKE MATHESON-NEW ZEALAND

Sapatos:
Se a sua mulher é uma teimosa que só quer levar sapatos com salto 15, com as mais estapafúrdias desculpas, OBRIGUE-A a levar um tênis, ou compre um no destino. Mulher em viagem sem Tênis é aborrecimento na certa! Se você pretende viajar com frequência, nos mais variados destinos, em viagens muitas vezes longas, avalie comprar para sua mulher sapato da marca Rockport, confortáveis, bonitos e próprios para isto (inclusive comissárias usam). Há modelos masculinos. Os pés suportam longas caminhadas com os mesmos.
Vale lembrar que se no seu destino nevará, a sola do seu sapato nunca poderá ser de couro, sempre de borracha nesse caso, pois o sal usado para derreter a neve nas ruas coroe seu sapato.
Nunca estreie seu sapato no voo. Ao tirá-lo neste caso a chance de não conseguir calça-lo novamente é grande.
Vacina da Febre Amarela – A Organização Mundial da Saúde – OMS – mudou em 2.016 a orientação mundial para esta vacina. O conhecimento científico atualizado orienta que a vacina uma vez tomada confere imunidade pela vida toda e não somente por 10 anos, como admitido até então. Acontece que você precisa carimbar num posto da ANVISA credenciado esta nova normativa onde lhe aplicarão o carimbo = da data da imunização até AT LIFE. Note que neste momento nem todos os países praticam a normativa e ter o carimbo – AT LIFE lhe poupa transtornos.
Reservas de hotéis- Tinha já de longa data todas as reservas dos hotéis confirmadas em tarifas cujo cancelamento não geraria multa. Agora, conforme foram aparecendo promoções fui cancelando a reserva e efetuando novas no mesmo hotel na mesma data. Hoje um Sofitel que estava reservado por NZD 1115 teve seu preço promocional reduzido para NZD 605, no mesmo quarto, nas mesmas datas. Monitorar ao longo do tempo as promoções pode reduzir muito o valor da hospedagem. Numa venda promocional o Sofitel Beverly Hills que foi reservado por 7 dias ao custo de USD 2601 sem café, teve nova reserva por 2240 USD incluindo café agora, pagas com voucher.
Reservas em atrações- Quanto maior o pico de demanda no seu destino, menor será a oferta disponível para o evento. Monitore o início de disponibilidade para reservar seu evento, tente travar pré-reservas com antecedência para não ser surpreendido com falta de disponibilidade ou ficar à mercê de cambistas. Em agosto, os hotéis com melhores relação custo/benefício na baia de Sydney na Austrália já estão praticamente lotados para o período do Réveillon. Uma viagem de trem entre Calgary e Banff pode ter reserva disponível para daqui há 2 anos, apenas. Como regra geral, em eventos no exterior RESERVA com antecedência é fundamental.
Situações que não faço reserva pré-paga ou com penalidade em caso de no show! Existem algumas situações que você deve avaliar bem os ricos de reservar frente aos benefícios.
a-) Reservas para eventos no dia de chegada ao destino- seu voo pode atrasar, sua chegada ao destino pode ter dificuldades adicionais, etc. Evito reserva com hora marcada sempre no dia de chegada ao destino.
b-) Reservas para eventos em dias específicos com grandes comemorações no destino – nos dias do Grande Prêmio de Mônaco de F1 não parece ser prudente reserva a um evento com hora marcada (citei Mônaco apenas como exemplo, vale para situações similares) ou que implique em deslocamentos pela cidade.
c-) Reservas em que não esteja absolutamente seguro dos locais de deslocamentos e eventual plano B. Nesta viagem por exemplo, pegarei voo da Qantas de Auckland para Sydney e de lá a Perth. Ao chegar a Perth na mesma data com a Emirates irei a Dubai e de lá a Los Angeles. Jamais aceitaria uma reserva onde os voos da Qantas em caso de atraso, implicariam que fosse perdido os voos da Emirates. Saio de Auckland e se atrasar ainda tenho outros voos que conectam a tempo de chegar a Perth para o novo check in. Valendo o mesmo se o voo Sydney –Perth atrasar. Evito ao máximo o risco.
Muvuca? Com atos terroristas espalhados ao longo do mundo evito de todas as formas estar em comemorações em locais de países que podem ser alvos de atentados com mais probabilidade, como USA, FRANÇA, ITALIA, ESPANHA, INGLATERRA, ou outros que já tenham sido objetos de ameaças, ainda que não concretizadas. Somente em caso de ser a única opção emito bilhete em companhia norte americana ou francesa.
Aeroportos - Com atos terroristas espalhados ao longo do mundo evito de todas as formas estar em aeroportos esperando check in. Procuro entrar no terminal de passageiro com o início do check in aberto e já me dirijo aos lounges. Os atentados terroristas costumam ocorrer em dias de semana. Procuro marcar meu retorno ao Brasil se possível as sextas, sábados ou domingos.
Check up médico – Exames de rotina devem ser feitos sempre após a viagem ou com muita antecedência evitando transtornos. Com antecedência de 60 dias, fizemos alguns exames de rotina e uma suspeita de doença grave que não se confirmou poderia ter colocado toda viagem em risco. Foi um erro que não se repetirá no futuro.
CARTAO AMERICAN EXPRESS – Esteja atento se seu único cartão de credito for dessa bandeira. NENHUM site onde comprei ingressos antecipados na Nova Zelândia aceita AMERICAN EXPRESS como forma de pagamento. Site da Rede Accor também não aceita AMERICAN EXPRESS.
Terremoto como surpresa! Menos de 30 dias do embarque e fui surpreendido com a ocorrência de um terremoto que afetou a parte leste da ilha Sul, com proximidade do epicentro da cidade de Christchurch ( que foi devastada em 2011 por outro terremoto). Chequei informações detalhadas do funcionamento e gravidade do tremor nas estruturas das cidades que visitarei, inclusive enviando e mail aos hotéis. Christchurch e Wellington foram levemente afetadas. Não interferindo no sucesso da viagem. Entretanto, se o terremoto tivesse repercussão maior, cancelar toda a rota na região afetada é mais que prudente. Kaikoura, cidade próxima a Christchurch, que não irei visitar é aclamada por ser um ponto litorâneo onde barcos levam turistas para ver baleias. A cidade foi totalmente devastada, ficando sem energia elétrica ou comunicação de qualquer ordem, inclusive rodoviária. O governo retirou 1000 turistas com helicópteros do local. Caso fosse meu destino em 30 dias jamais seria possível visita-la.
Discounts/Tickets- quando sua viagem ao exterior incluir os USA obter tickets com descontos ou promoções minimizam consideravelmente os custos das compras. Lembre-se também da Amazon na Black Friday ou fora dela. Lojas como Macys, Bloomingdales, Outlets da rede Premium ou outros, JCPenney tem sempre tickets de descontos muito interessantes. A Amazon tem serviço de entrega confiável e eficiente. Acontece que estes tickets só estão com prazo de validade aplicável após ter decorrido o último feriado antes do seu período no destino. Ou seja, promoções que envolvam o Booxing day (dia após o Natal cristão- sem ser num sábado ou domingo) só tem tickets disponíveis após o Tanksgiving Day ( dia de ação de Graças – após a Black Friday). Enquanto o Booxing day é celebrado em todos os países anglófonos ( incluindo Australia, Nova Zelandia, etc) o Tanksgiving day tem comemorações mais restritas aos Estados Unidos e Canada.
Produtos refurbish, clereance ou usados – Tome cuidado com a compra deste tipo de produto. Na alfandega produto usado pode ser apreendido por não ter preço em lista ou ser taxado como similar novo, o mesmo valendo para produto fora de lista (cleareance). Este tipo de economia é altamente questionável.
Check list obrigatório por e-mail ou na internet:
1- Se pretender enviar compras para seu hotel, check se aceitam receber pedidos e se a guarda dos volumes é tarifada. Caso positivo em quanto, pois podemos ser surpreendidos.
2- Antes de reservar seu hotel é bom tem algumas informações que podem mudar o hotel desejado, vejamos: Caso você esteja com seu carro alugado: 1-) O hotel tem estacionamento (Fiquei num 5* em Sydney downtown que o estacionamento era conveniado com o hotel e ficava a uma quadra e meia do hotel – Swiss Hotel) se soubesse do fato não me hospedaria lá em hipótese alguma. 2-) Nesse hotel o pernoite do carro custava 44 AUD. Isto deve ser embutido no custo da diária comparativo com outros hotéis, 3-) Antes de reservar SEMPRE vá ao Trip advisor e veja comentários dos leitores para evitar IMENSOS transtornos. Certa ocasião em Paris o hotel com melhor relação custo/benefício era o Novotel Le Halles e optei por reserva-lo. Só não sabia que na região iniciaram-se obras de uma nova linha do metro que demoraria 2 anos e todo acesso ao hotel estava bloqueado para carros e o ruído de obras era muito alto durante o horário comercial. Claro que o site do hotel não mencionava isto em nenhum momento e uma simples ida ao Trip advisor mostrava inúmeras reclamações de hospedes.
3- Se sua viagem incluir regiões menos povoadas esteja muito atento a combustível no seu veículo. Na Austrália existem áreas onde o próximo posto de gasolina fica a 400 KM, o que é muito diferente de um a cada 40 km. com excepcional infraestrutura entre Toronto e Quebec no Canadá. Como regra o tanque atingindo a metade já paro no primeiro posto para completa-lo. Nesta viagem, entre outras rotas com poucos postos, exploraremos a costa Oeste da ilha sul e entre Wanaka e Fox Glacier não há posto de combustível na rota, 200 km. Acesse os sites AA do pais de destino ou similar e veja onde encontrar postos para abastecimento. Informe-se da cultura local no seu destino ao chegar. Esses postos funcionam em que horários, em que dias da semana nesta época do ano, aceitam cartão? Essas informações também podem ser obtidas com segurança do i-site de turismo do país de destino.
4- Evito viajar a noite nos países seguros, nos que não tenho informações ultra detalhadas jamais viajo a noite e preferencialmente me desloco de avião nestes últimos.


Agora aguardo a decolagem.